Olho por olho e Dente por Dente de Jenny Han e Siobhan Vivian


Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena... Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho...


No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “;aqui se faz, aqui se paga”; poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos.



Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle.


Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites... Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary?

À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais...


Nota:

Páginas: Olho Por Olho 227 e Dente por Dente 350.

Editora: Novo conceito.

Vou começar dizendo que estava me sentindo bem insegura sobre esses dois livros, mas a capa e a sinopse me chamaram tanta atenção que eu resolvi dar inicio a essa leitura.

Me pergunto como nunca li um desses livros antes!

Jenny e Siobhan (as autoras) nos prendem a Kat, Mary e Lilia de uma forma louca! É como se nós estivéssemos bolando os planos com essas garotas tão diferentes, mas com o mesmo sentimento de vingança em comum.

Cada capitulo somos levados através dos pensamentos de uma das garotas, as vezes entendendo da visão de uma alguma cena que aconteceu ou que está acontecendo o que nos dá sempre aquela ansiosidade porque as vezes Kat viu algo que Mary não viu (ou o contrario) e isso sempre nos dá perspectivas e ideias diferentes sobre o desfecho de cada uma.


No começo Lilia não era minha personagem preferida porque era difícil entender como uma garota tão boa poderia se dizer amiga de Rennie! Uma garota que não se incomoda e deixar as amigas para baixo, roubar garotos ou fazer Lilia passar por que marcou-a para sempre.

Felizmente logo a garota passa a entender que Rennie, apesar do sorriso carismático e conselhos de "amiga" nunca teve qualquer sentimento bom por ela. Mas até a vingança com Rennie ocorrer demora um pouco, afinal ainda a uma pessoa injustamente colocada a sua frente...
— Quero dar um jeito para que nenhuma outra garota da Ilha Jar jamais queira ficar com Alex. Então… que tal fazermos isso acontecer?
Kat é a garota rebelde da pequena cidade, mas que acaba se apaixonando por um dos riquinhos da cidade que vive correndo atrás de Lilia. Ela é a grande mentora de iniciar aquela vingança em principal contra Rennie que após deixar de sua amiga espalhou boatos absurdos e tornou-a uma garota solitária e que não se incomoda em dizer na cara da garota malvada o que pensa...
— O que fizermos juntas viverá e morrerá conosco. — Limpo a garganta, porque essa é a parte mais importante. — E, se vamos mesmo fazer isso, ninguém pode desistir na metade do caminho. Se for para entrar, é para ir até o fim. Até nós três conseguirmos o que queremos. Senão, bem… você pode se considerar a caça. A estação de caça vai abrir, e nós teremos muita munição para usar contra você. Se você não puder jurar que irá até o fim, então é melhor fingir que esta noite não ocorreu.
Mary... Ah Mary! Minha personagem preferida no decorrer da história! A história dela pode ser surpreendente de TODAS as formas possíveis! Eu não vou contar o que ela tem haver com uma certa pessoa daquela pequena cidade porque é muito mais emocionante ouvi-la contar com todos os detalhes.

Eu poderia dizer: Você não achava que me veria de novo, não é? As possibilidades ficam girando na minha cabeça mais depressa que os pedais. Nem mesmo penso no que ele vai dizer. Não importa. Vou criar meu momento, e pronto.

Mas afirmo algo, vocês vão surtar no final do segundo livro. Eu mal acreditei no que lia de tão INESPERADO e INCRÍVEL sobre essa garota tímida em busca de vingança... Quer dizer em alguns trechos dos livros ficamos encucadas com algumas coisas, mas nos prendemos tanto a trama de vingança que nem nos damos conta que aquilo estava bem ali na nossa frente!
Mas acredite, não é só o final da querida Mary que é inesperado...

Eu devorei esses livros tão rápido que até me senti mal quando acabou!! Eu preciso ler o terceiro livro da trama Cinzas por Cinzas, preciso saber como essas três garotas cheias de segredos e medos vão conseguir superar a onda que elas mesmas criaram!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja gentil e não fale nada que possa magoar os outros, aproveite para deixar o link do seu blog vai que outros leitores se interessem!!

© Deitada em Nuvens - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo