Auggie & Eu três histórias extraordinárias.


     

A história de Auggie Pullman, o menino de aparência incomum que tem encantado milhares de leitores desde o lançamento do romance Extraordinário, em 2013, ganha agora novas perspectivas: Julian, Christopher e Charlotte, personagens da vida de Auggie, narram nos três contos reunidos no livro Auggie e eu seus encontros e desencontros com o amigo extraordinário.

Páginas: 317

Editora: Intrínseca.

Nota:


  As pessoas que me acompanham sabem do meu amor pelo livro Extraordinário, como também sabem como eu fiquei ansiosa para ler Auggie & Eu.

    Quando cheguei na livraria e vi ele beeem chamativo não pensei duas vezes antes de pegar, eu estava tão ansiosa para ver os pontos de vistas desses personagens tão queridos! Em principal Julian um personagem pelo qual Palacio nos fez criar uma grande antipatia...

    Mas com um livro tão bem construído, uma escrita impecável e lição éticas e morais incomparáveis Palacio nos faz entender algo que parecia incompreensível.


    Quantos Julian não há por ai? O seu capitulo me fez refletir muito e para falar a verdade conseguiu me tirar lagrimas, o meu preferido dos três. Uma história comovente e dificil sobre como os medos podem afetar alguém que busca entender o desconhecido e sobre uma mãe que não sabe como ajudar esse medo e só o torna pior.

    Um auto conhecimento próprio para Julian que é surpreendido no final por uma história que muda por completo o modo como enxerga o mundo.

    Depois de Julian, temos Plutão ou mais conhecido por Christopher melhor amigo de Auggie desde a infância que não teve uma passagem grande em Extraordinário.

    Plutão apesar de entender as condições de Auggie... ainda é uma criança, uma criança que passa a ter dificuldades em continuar sendo amigo de alguém tão diferente como seu melhor amigo... Alguém que busca entender o mundo de uma forma melhor.
    Envolvendo lembranças da infancia dessas crianças com histórias do presente, compreendemos que algumas coisas podem parecer bem mais difíceis de entender.

    E então Shingaling, ou Charlotte.

    Essa também foi uma narrativa interessante sobre como apesar das dificuldades internas e relacionadas ao bullying que a garota estava passando, continuou mantendo-se firme em sua opinião sobre ser neutra e ao final nos mostra o quaaaaanto Auggie pode mudar uma vida sem nem mesmo ser tão presente sobre ela.

    Três histórias que mostram como a bondade pode gerar acontecimentos incríveis e grandiosos.

    Apesar de provavelmente nunca termos uma continuação sobre a vida de Auggie, na introdução desse livro R J Palacio deixa uma mensagem que me fez entender completamente o porquê de Extraordinário não precisar de continuação;

Algumas crianças me disseram que tinham certeza que Auggie seria astronauta quando crescesse. Ou professor. Ou veterinário. Aliás, elas me contam isso com enorme autoridade —quase empírica. Sem rodeios. Sem achismo. Então quem sou eu para discordar? E porque eu escreveria uma sequência que limitaria todas essas opções? Auggie, até onde eu sei, tem um futuro brilhante e maravilhoso, com infinitas possibilidades, todas igualmente grandiosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja gentil e não fale nada que possa magoar os outros, aproveite para deixar o link do seu blog vai que outros leitores se interessem!!

© Deitada em Nuvens - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo